Sara Próton, Advogado

Sara Próton

Belo Horizonte (MG)
426seguidores0seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Advogada Criminalista e de Família, especialista na defesa dos direitos dos homens.
Autora dos livros "Belas e Feras - A violência doméstica da mulher contra o homem"; "Denunciação caluniosa, um crime atual: estupros de vulneráveis que não aconteceram" e "Alienação Parental: depressão e suicídio infantil"

Especialista Ciências Criminais e Direito da Saúde.

Associada ao IBCCRIM, ICP e ABCF.

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 50%

É o ramo do direito público dedicado às normas emanadas pelo Poder Legislativo para reprimir os d...

Direito de Família, 50%

É o ramo do direito que contém normas jurídicas relacionadas com a estrutura, organização e prote...

Comentários

(4)
Sara Próton, Advogado
Sara Próton
Comentário · ano passado
Na verdade é uma crença equivocada e inclusive reflexos do código civil anterior em que a cultura do litigio prevalecia, por exemplo em que para divorciar uma das partes deveria ter culpa - e daí vem boa parte das falsas acusações de violência doméstica, estupro de vulnerável...
Advogado não precisa incentivar os conflitos e crimes para ter dinheiro, pelo contrário a nossa função é harmonizar as relações humanas.
Sou advogada criminalista e de família, o que parece estranho, mas "o primeiro crime" ocorreu na família, com Caim matando Abel, a primeira denunciação caluniosa, foi de Eva contra uma cobra...

Advogado nenhum tem que incentivar a criminalidade, independente de como ela seja, mas apenas defender o devido processo legal, buscar provas e zelar pelas garantias do seu cliente. Se os crimes acabarem (utopia) se adapte a nova realidade, inclusive é o que faço, mesmo sendo advogada criminalista é tentar utilizar do direito quântico (direito penal quântico) - cometendo crime ou não, acusado injustamente ou não, ainda é um ser humano e deve ser tratado como tal.

E sobre o comentário dos advogados que incentivam a denunciação caluniosa, ainda pequena tive o primeiro contato com isso, um escritório famoso daqui de MG em direito de família, o advogado fundador ofereceu para a mulher cocaína para colocar nas coisas do marido e ligar para a polícia. O marido e´claro foi preso, empresário bem sucedido e eu achei aquilo tudo muito estranho, e olha que era uma criança. Coincidentemente 5 anos atrás, dentro do avião conheci um rapaz que era exatamente o filho desse homem, estava carregando processo e começamos a conversar e ele disse o que ocorreu: "meu pai passou por isso, o advogado da minha mãe comprou cocaína e mandou colocar no escritório dele. Ficou preso e depois que saiu teve câncer. Prestes a morrer minha mãe foi visitá-lo, pediu desculpas e contou tudo o que aconteceu"
Ele e os outros filhos preferiram não fazer nada, uma família foi destruída por causa de um advogado ganancioso,e não precisa disso! É lamentável esse tipo de coisa, degradante para a profissão que pode ser e é tão nobre e bela...e o pior é saber que isso acontece constantemente

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

(426)
Carregando

Tópicos de interesse

(20)
Carregando

Livros Publicados

(4)
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Belo Horizonte (MG)

Carregando

Sara Próton

Entrar em contato